CAMPANHA EDUCATIVA  (Download)          

 

Acidentes de trânsito.

Somos todos responsáveis!

 

O trânsito no Brasil apresenta um quadro estatístico preocupante quanto a vítimas fatais. Foram  42,5 mil pessoas que perderam suas vidas nas ruas e estradas brasileiras em 2015.

A legislação de trânsito, apesar de ser rigorosa, não surte o efeito esperado, talvez pela sensação de impunidade. Hoje, matar alguém no trânsito pode significar uma prestação de serviços como forma de punição.

Segundo estudos, a maior causa dos acidentes está relacionada ao excesso de velocidade, seguido de falta de manutenção do veículo, embriaguez e distração (uso do aparelho de telefone celular).

Todos os esforços das políticas públicas e ações do terceiro setor devem ser canalizados para a mudança de comportamento, pois dessa forma, talvez se consiga êxito nos resultados. Conscientizar o motorista e o pedestre deve ser o foco das propostas.

 

Como evitar acidentes de trânsito:

- Efetue revisões periódicas;

- Nunca dirija após ingestão de bebidas alcoólicas;

- Utilize cinto de segurança;

- Esteja sempre ALERTA;

- Mantenha distância de segurança em regra de 2 segundos do veículo da frente;

- Adapte a velocidade às condições de segurança;

- Antecipe-se e sinalize todas suas intenções;

- Evite freadas ou mudanças bruscas de direção;

- Não confie cegamente em semáforos ou na indicação de outros motoristas;

- Não revide a provocações no Trânsito, SEJA VIVO!

 

Como agir nos casos de acidentes de trânsito sem vítimas:

- Retire os veículos da via IMEDIATAMENTE ou sinalize o local;

- Registre a Ocorrência, preferencialmente acompanhado da(s) outra(s) parte(s) envolvida(s), na companhia, batalhão ou base comunitária da Polícia Militar mais próxima do local, de seu trabalho ou de sua casa;

- Evite Discussões, anote Nome, RG e CNH e/ou (Marca/Modelo, cor e Placas) do veículo e Registre a ocorrência. Não há a obrigatoriedade do comparecimento simultâneo de todos os envolvidos;

- Registre a ocorrência no mais curto espaço de tempo possível, preferencialmente com todas as partes envolvidas presente;

- Caso os veículos não se locomovam LIGUE – 190.

- Registre todos os detalhes com relação ao acidente, como horário, local exato com referências, condições da via, sinalizações locais, etc;

- Procure identificar pessoas que tenham testemunhado o fato;

- Registre a ocorrência. Este é o primeiro mecanismo legal para resolução do problema;

 

Como agir nos casos de acidentes de trânsito com vítimas:

- Acione o socorro especializado - 193, transmitindo local exato, tipo de acidente e o número de vítimas;

- Procure informar a condição visual que as vítimas se encontram;

- Sinalize e isole o local com os meios disponíveis para evitar outros acidentes;

- Acione a Polícia Militar - 1 9 0;

- Não mexa ou transporte à vítima, exceto quando for necessário para a manutenção de sua vida e com equipamentos para sua imobilização;

- Procure acalmar a vítima e peça para que permaneça imóvel;

- Um transporte inadequado pode ocasionar uma lesão mais grave do que a vítima já tinha em decorrência do acidente.

 

Fonte: Extraído do Manual de Segurança da Policia Militar do Estado de São Paulo


 

Faça o download do MANUAL COM DICAS  SOBRE ACIDENTES DE TRÂNSITO

 

Instruções: Baixe o arquivo (em PDF), imprima frente e verso, de preferência colorido. Recorte  e dobre nos locais indicados.

 

 

 

 


 

 

SegundA Organização Mundial da Saúde (OMS),  1,25 milhão de pessoas morrem em acidentes de trânsito todo ano

O relatório publicado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas em 2013, mais de 41 mil pessoas perderam a vida nas estradas e ruas brasileiras. Desde 2009, o número de acidentes de trânsito no país deu um salto de 19 por 100 mil habitantes para 23,4 por 100 mil habitantes, o maior registro na América do Sul. Acidentes de trânsito são uma das principais causas de morte no mundo, vitimando 1,25 milhão de pessoas por ano, acumulando óbitos principalmente em países pobres. Segundo a OMS, os países de baixa ou média renda acumulam 90% das mortes no trânsito, enquanto somam 54% dos veículos no mundo.

 

 

 

 

 

 

 

      

 


J. Bispo Morais é jornalista, comentarista e analista nos temas de segurança pública e trânsito.

Caso se interesse em publicar esse artigo, entrar em contato com autor.

 

 


Direitos autorais reservados (c) 2009 - J. Bispo Morais - Mtb 63290 -  Proibida a reprodução por qualquer meio sem a prévia autorização

redetransito@redetransito.com.br