ARTIGO - COMPORTAMENTO         

Por: José Bispo          

 

Transporte o seu PET

com segurança

 

Ao transportar o seu bichinho de estimação, seja à pé, bicicleta, patinete e veículos,  todos os cuidados são necessários, principalmente seguir as normas de segurança para a segurança deles e dos demais usuários do trânsito

 

Para cada modal de transporte e espécie animal existem procedimentos que, se seguidos,  lhe trarão ainda mais prazer em ter seu animalzinho ao seu lado.

 

As leis de trânsito precisam ser observadas, no caso do transporte em veículos. O artigo 252, do Código de Transito Brasileiro proíbe “Dirigir o veículo  transportando animais à sua esquerda ou entre os braços e pernas”, sendo uma infração média, punida com multa de R$ 130,16 e 4 pontos na carteira de habilitação.

 

Além dessa proibição, o transporte de animais também não pode ocorrer nas partes externas do veículo, configurando infração do artigo 235, salvo nos casos devidamente autorizados, sendo uma infração grave, punida com multa de R$ 195,23, terá o veículo retido para a regularização da situação e  além disso acrescenta 5 pontos na carteira de habilitação.

       

Apesar de não ser detalhado o formato do transporte no interior do veículo é importante que esse esteja em condições de seguras, pois um animal solto no interior de um veículo em movimento pode sofrer uma queda e se machucar ou, ainda distrair o condutor, pondo em risco a segurança.

 

Outras leis estaduais e municipais regulamentam e orientam as diversas situações desse transporte e que na busca de uma vida segura, não podem ser ignoradas.

 

 

 

 

A Prefeitura da Cidade de São Paulo, na  campanha “Vida Segura” disponibiliza uma cartilha com orientações importantes para o transporte de animais e que você poderá fazer o download gratuitamente (arquivo em PDF)

---------->

 
  
 

Direitos autorais reservados (c) 2009 - J. Bispo Morais - Mtb 63290

Proibida a reprodução por qualquer meio sem a prévia autorização

redetransito@redetransito.com.br