ARTIGOS E NOTÍCIAS                                  

VOLTAR

 

 

 

Tá na hora de trocar os amortecedores de seu veículo?
 


Você vai viajar e tem dúvida se troca ou não os amortecedores da suspensão do veículo. Então? Troca ou não troca?  Eis aí uma perguntinha difícil de responder.
 

    Os amortecedores fazem parte do sistema de suspensão, sendo estes elementos de ligação entre a suspensão e a carroceria que controla os movimentos das molas fazendo com que o veículo mantenha a aderência ao solo. Esse sistema garante a estabilidade do veículo, isso quer dizer que qualquer defeito coloca a vida dos ocupantes do veículo em risco.
     A necessidade de substituição desses amortecedores é muito relativa, pois está condicionada a alguns elementos, tais como: Tipo e modelo do veículo, marca, modelo e qualidade dos amortecedores, forma como o condutor dirige, utilidade do veículo (passeio ou carga), pista onde roda a maior parte do tempo (terra, buraco, asfalto etc), entre outros. Percebe, porque é difícil estipular uma período exato para a troca dos amortecedores?
     Um conjunto de amortecedores pode durar de 20 a 100 mil quilômetros, dentro dos parâmetros observados anteriormente, apesar dos fabricantes recomendarem a substituição antes do 40 mil. Por segurança o conjunto de amortecedores (traseiro e dianteiro) deve ser examinado nas revisões dos veículos a cada 20 mil quilômetros.
     Amortecedores gastos ou vazando alteram sensivelmente a condução do carro. Rodar sobre buracos ou saliências fica muito desconfortável. A dirigibilidade e o poder de frenagem são bastante afetados, em especial nas curvas.
     Portanto, se você perceber que seu veículo está sem estabilidade, canta pneu nas curvas e constante tremedeira, é interessante procurar o mecânico e ouvir a sua opinião, pois o problema pode está relacionado também a outras peças da suspensão, não necessariamente os amortecedores, um vez que o sistema de suspensão trabalha com as molas, bandejas, suportes de borrachas e buchas que as vezes desgastam, sendo necessária a sua substituição, o que é bem mais barato que os amortecedores.
     O serviço deve ser feito por oficina de confiança e jamais instale em seu veículo amortecedores recondicionados, pois não lhe garantirão a devida segurança.
     Vale lembrar que a oferta e preços desses produtos no mercado são grandes, por isso faça uma boa pesquisa antes de comprá-los.
     Então? Tá ou não na hora de trocá-los?

 

Ocorrências/Situação

Procedimentos

Veículo com menos de 20 mil Km

Na revisão da garantia é feita a inspeção na suspensão

Quando canta pneu(s) nas curvas ou o veículo está sem estabilidade

Faça o balanceamento e alinhamento das rodas, não resolvendo o problema, verifique os amortecedores

Com solavancos sequênciais nas frenagens

Primeiramente verifique os discos, pastilhas, molas e posteriormente os amortecedores

Quando faz barulhos na suspensão, mesmo em pista plana

Verificação de todo o sistema de suspensão (pode ser buchas estouradas)

Apresenta visivelmente vazamentos ou hastes tortas ou molas quebradas

Substitua os amortecedores ou as molas imediatamente


 

 

 


J. Bispo Morais é jornalista, comentarista e analista nos temas de segurança pública e trânsito.  Caso se interesse em publicar esse artigo, entrar em contato com autor.

 

 

 

 

 

 

 

 


Direitos autorais reservados (c) 2009 - J. Bispo Morais - Mtb 63290 -  Proibida a reprodução por qualquer meio sem a prévia autorização

redetransito@redetransito.com.br